Inscreva-se para receber novidades em seu E-mail

Como as grandes empresas vendem? Conheça o Círculo de Ouro

Otavio Schlickmann

É formado em Design Gráfico e tem 24 anos. Atualmente se mantém focado na construção de conteúdo inteligente para a web. Viciado em internet e extremamente curioso, adora entender como tudo e todos funcionam, mas também gosta de ler, assistir séries e ouvir música.

Fala galera, tudo tranquilo com vocês?

Para fechar uma sexta-feira pós carnaval e deixar todos pensativos no final de semana, trouxemos uma discussão bem interessante para entendermos de uma vez por todas como os fodões são fodões, ou melhor, como a Apple vende?! E para lhe explicar, vamos fazer uma abordagem completa sobre a teoria do Círculo de Ouro, do Simon Sinek.

Mas antes, quero aproveitar pra dizer duas coisas, a primeira é que o conteúdo desse post tem bastante relação com o conteúdo que o Mario que Mario? postou a algum tempo sobre, 10 TED Talks inspiradores sobre design e criatividade

A segunda é que mesmo que você seja um fascinado, amante, totalmente louco pela Apple, acredito que vale a pena você ver até o final o conteúdo que preparamos. Embora seja um caso já conhecido, o conteúdo está bem explicado, e confesso que fiquei abismado quando vi outras relações e aplicações para o círculo de ouro.

Enfim, sem mais delongas, vamos lá:

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek-circulodeouro-principal-800

Como explicar os resultados extraordinários obtidos por algumas empresas e que extrapolam todas as expectativas? Melhor… Porque a Apple vende tanto?

Mesmo não sendo um Applemaníaco, e falando bem francamente, eu não curto muito os produtos da Apple (devo ser o único designer do mundo que não gosta) mas eu me conformei com o fato dela simplesmente ser muito boa em tudo o que faz. Na forma como conta suas histórias, na forma como apresenta seus produtos e principalmente no engajamento das pessoas, tanto pelos produtos já existentes, quanto pelos lançamentos.

Para ficar mais fácil de exemplificar, o vídeo abaixo mostra diversas pessoas que passam dias na fila para serem os primeiros a comprar o novo Iphone 6 ou 6s… Inclusive, há um robô, esperando na fila para comprar um Iphone!

Mas como sempre, essa satisfação momentânea não poderia durar, e então a curiosidade surgiu, “eles não podem simplesmente vender porque são bons.” Com toda certeza, deve haver um padrão, algo que as empresas “replicam” para gerar resultados extraordinários. E nessa pesquisa em busca do entendimento, eu cheguei a um tema bem interessante: “Como grandes líderes inspiram ação?” apresentado pelo palestrante e escritor internacional Simon Sinek.

Em sua primeira palestra ao TEDx, Sinek apresentou a teoria do Golden Circle  (Círculo de Ouro, em tradução livre) que explica como uma empresa mesmo “sem recursos” pode gerar um valor inestimável para as pessoas, e como consequência, vender mais.

As pessoas não compram o que você faz, elas compram por quê você faz.Simon Sinek

Essa afirmação poderosa, foi citada várias e várias vezes por Simon Sinek durante sua palestra no TEDx. Além disso, ele explica que existe um padrão que ocorre naturalmente, fundamentado na biologia da tomada de decisão humana, e esse padrão define por que as pessoas são inspiradas por umas (grandes líderes, grandes organizações) ao invés de outras.

 

Mas como é que funciona esse Círculo de Ouro?

Embora seu funcionamento seja muito simples, muitas empresas se perdem, pois não sabem exatamente PORQUÊ fazem o que fazem. É claro que não estamos falando sobre o lucro, afinal, ele é uma consequência de suas atitudes, e não o porquê da sua empresa existir.

Mas vamos lá, observe a imagem do Círculo de Ouro abaixo. Ela contém 3 grupos: Why, How e What – Porque, Como e O que – convenhamos que não há nada de extraordinário nisso, mas a mecânica por trás é incrível.

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek

 

Começando de fora para dentro, Sinek afirma que 100% das empresas estão cientes sobre O QUE (What) elas fazem. No caso da Apple, ela vende computadores.

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek-what-o-queNo segundo círculo, temos o COMO (how), e é nesse grupo que algumas empresas foram além, e conseguiram identificar como elas fazem o que fazem. Podemos denominar isso de proposta de valor diferenciada.

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek-how-como

No entanto, pouquíssimas empresas estão realmente comunicando sobre o PORQUE (Why) elas fazem o que fazem, o que é valor, quais os propósitos e os motivos da sua empresa existir.

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek-why-por-que

E é nesse ponto onde a diferença ocorre, isto é, nas organizações convencionais, esse ciclo de informações acontece de fora para dentro, enquanto que nas empresas e pessoas que inspiram, o processo acontece de dentro para fora.

circulo-de-ouro-golden-circle-mova-design-simon-sinek-gif

Você deve comunicar aquilo em que você acredita, o porque você faz aquilo que você faz, e não apenas dizer que é o maior, ou que possui mais recursos do que sua concorrência.

Se você acompanhou os posts sobre Startups de sucesso, parte #1 e parte #2, você certamente deve lembrar de alguns dos pontos chaves para ter resultados, em especial a frase de Stefan Schimenes:

A principal motivação é a de construir algo para a sociedade que agregue valor. Um sentimento que de alguma forma consegue contribuir para uma sociedade melhor.Stefan Schimenes

E onde isso entra no Design?

Claro que não vamos entrar na antiga discussão sobre o que é design, pelo menos não hoje. Mas de forma resumida, design é solucionar problemas, é ajudar as pessoas e o meio em que vivemos, projetando facilidades, sejam fisicas ou intelectuais.

Me arrisco a dizer ainda, compartilhando a definição de ética do Professor Clóvis de Barros Filho e colocando-a lado a lado com o design, de que ambos são “a inteligência compartilhada, a serviço do aperfeiçoamento da convivência”.

Quando buscamos os conceitos do círculo de ouro para essa definição, fica ainda mais claro! Ao olharmos para a Apple, é isso o que ela está fazendo, e é nisso que ela acredita: que estão desafiando o status quo, e que pensando diferente é que se faz a diferença. Além de claro, a maneira que encontraram para fazer isso, que foi criando os seus produtos com um design único, simples e fácil de usar.

Então, onde isso entra no design? Em tudo! Em comunicar o que é valor para você, para o seu projeto, para sua empresa, enfim… Quando for se comunicar, garanta que esteja passando a informação do porque você faz o que faz, no que você acredita. Permita que as pessoas saibam quem você é, e não apenas o que pode oferecer a elas.

O objetivo nunca foi vender para pessoas que precisam do que você tem, o objetivo é vender para pessoas que acreditam no que você acredita.Simon Sinek

Abaixo, para complementar todo o conteúdo apresentado, deixamos o vídeo completo do Sinek – E recomendamos fortemente que você o assista!

Mas e você, PORQUE faz o que faz?

Grande abraço e até a próxima!

 

Referências: Vídeo de Simon SinekWebsite Simon Sinek

 

Gostou do que leu?

Cadastre-se para receber novos conteúdos do Blog!


É formado em Design Gráfico e tem 24 anos. Atualmente se mantém focado na construção de conteúdo inteligente para a web. Viciado em internet e extremamente curioso, adora entender como tudo e todos funcionam, mas também gosta de ler, assistir séries e ouvir música.

© 2016 Mova Design. Todos os Direitos Reservados.

Top